quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

PLEONASMO - ILUSTRAÇÃO

 Pleonasmo é uma palavra de origem Grega, que significa superabundância. Chama-se pleonasmo o uso de expressão redundante. Há dois tipos de pleonasmo: O pleonasmo vício de linguagem ou pleonasmo vicioso, é a repetição desnecessária de um termo ou ideia. Muitas vezes o uso de pleonasmo acontece porque, com o tempo, houve um esquecimento do significado das palavras ou expressão. Pleonasmo, vício de linguagem é um recurso estilístico empregado para emprestar à frase" Mais força e colorido intensidade de beleza". O pleonasmo é uma figura de construção ou figura de sintax. Isto é, um recurso estilístico, quando tem a função de realçar a ideia, tornando-a expressiva, deixando-a mais elegante, daí ser chamado de pleonasmo de reforço ou estilístico. Ex: Minha felicidade eu a conquistei, a mim me pareçe certa a observação que ele fez. Pleonasmo aceitável: Arrumar arrumadinho, fazer bem feitinho, limpar bem limpinho, lavar bem lavadinho, detalhes tão pequenos de nós dois da música Detalhes de Roberto Carlos. Observe as ilustrações de pleonasmo nesta estória: Eu tenho um visinho, que se chama José Ribamar, o qual carinhosamente o chamamos de ZéRiba. Certa vez, ZéRiba estava sentado em uma praça e observando: Crente, SUBIA PARA CIMA e DESCIA PARA BAIXO, e todos que alí passavam estavam falando sobre Jesus. ZéRiba que só costumava ouvir falar de Jesus nos filmes exibidos na semana santa, ficou curioso, e um certo dia resolveu, fazer uma visita no local que aqueles crentes íam. Aí ele falou: vou lá, e saíu acompanhando eles, BEM DEVAGAR DEVAGARIHO, e não se deu conta, de que aqueles que ele observava passar, eram os crentes mais humildes da igreja, queles que vão para igreja de pé. Quando ZéRiba, chegou na igreja, entrou, e ficou observando. E começou parar carro na porta da igreja, no que ele observou, tinha bem uns trinta. Como ele sentou bem atrás, junto dos que vinham de pé junto com ele, ninguém observou que alí havía um visitante. E ZéRiba ficou alí. Todos pareciam CEGOS DOS OLHOS, ninguém o vía. Daí começou o culto, e, um canta pra lá, outra banda toca pra cá, aí chegou a hora da pregação, chegou a hora do reteté, e o Pastor que não havía notado que alí havia um visitante, começou a pregar um texto do Antigo Testamento que não falava sobre Jesus,e Zé começou ficar chateado, por que o que ele queria ouvir não ouvíu, chegou a hora de acabar o culto e o Pastor não fez o apêlo, pois este hábito caíu de moda em muitas igrejas de hoje. Aí Zé levantou, e não exitou em perguntar: Cadê? vocês não vão falar daquele Jesus que o povo que senta lá atrás fala,? eu vim aquí para encontrar com ele, como eu faço? Então ficou todo mundo parado olhando aquele homem. Então Riba não só aceitou Jesus como seu Salvador e Senhor, como se tornou um dos melhores evangelistas daquele local. E FEZ TUDO BEM FEITINHO, como a bíblia orientava ele fazia, não trocava nada do lugar, seguía a palavra de Deus a risca. Blog da Lery, seja evangelizado aprendendo portugues. Os personagens desta estória são personagens de ficção.

Nenhum comentário:

 
© Template Scrap Suave|desenho Templates e Acessórios| papeis Bel Vidotti