sexta-feira, 1 de janeiro de 2010

POLÍTICA JAPONESA

Crystal Clear app xmag.pngVer artigo principal: Política do Japão
O Japão é uma monarquia constitucional onde o poder do imperador é muito limitado. A Constituição o define como "símbolo do Estado e da unidade do povo" e ele não possui poderes relacionados ao governo. O poder, concedido por soberania popular,[33] está concentrado principalmente na figura do primeiro-ministro do Japão e de outros membros eleitos da Dieta. O imperador age como chefe de Estado em ocasiões diplomáticas. Akihito é o presente imperador do Japão e Naruhito, o próximo na linha sucessória do trono.
O órgão legislativo do Japão é a Dieta Nacional, um parlamento bicameral. A Dieta é formado pela Câmara dos Representantes, com 480 representantes eleitos por voto popular a cada quatro anos ou quando dissolvida, e pela Câmara dos Conselheiros de 242 membros com mandatos de seis anos. Todos os cidadãos com mais de 20 anos têm direito ao voto[17] e a concorrer nas eleições nacionais e locais realizadas com voto secreto.[33] O Japão tem um sistema político democrático e pluripartidário com seis grandes partidos políticos. O liberal conservador Partido Liberal Democrata (PLD) está no poder desde 1955, a não ser por um curto período de coalizão da oposição em 1993.[34] O maior partido de oposição é o liberal social Partido Democrático do Japão.
Palácio da Dieta Nacional, em Tóquio.
O primeiro-ministro do Japão é o chefe de governo. O candidato é escolhido pela Dieta de entre um de seus membros e endossado pelo imperador. O primeiro-ministro é o chefe do Gabinete, órgão executivo, e nomeia e demite ministros de Estado, a maioria dos quais deve ser membro da Dieta. O primeiro-ministro do Japão é, no momento, Yukio Hatoyama.[35]
Historicamente influenciado pelo sistema chinês, o sistema legal do Japão desenvolveu-se independentemente durante o período Edo. Entretanto, desde o final do século XIX, o sistema legal japonês tem se baseado em grande parte nos direitos civis da Europa, principalmente da França e Alemanha. Em 1896, por exemplo, o governo japonês estabeleceu um código civil baseado no modelo alemão. Com modificações do pós-Guerra, o código permanece vigente no Japão. A lei estatutária origina-se na Dieta com a aprovação do imperador. A Constituição requer que o imperador promulgue as leis aprovadas pela Dieta, sem, no entanto, conferir-lhe o poder de opôr-se a aprovação de uma lei. O sistema de tribunais do Japão é dividido em quatro esferas básicas: a Suprema Corte e três níveis de cortes inferiores.[36] O corpo principal da lei estatutária japonesa é chamado de Seis Códigos.

[editar] Relações internacionais e forças armadas

O maior parceiro militar do Japão são os Estados Unidos, tendo como fundamento de sua política externa[37] a aliança defensiva Japão-Estados Unidos. O maior parceiro comercial do Japão é a China, destino da maior parte das exportações e importações. Como membro das Nações Unidas desde 1956, o Japão serviu como membro temporário do Conselho de Segurança por um total de 18 anos, mais recentemente entre 2005 e 2006. Ele é também membro das nações G4 buscando um assento permanente no Conselho de Segurança.[38] O Japão também se destaca na política internacional por ser membro do G8, da APEC, da ASEAN+3 e participante da Cúpula do Leste da Ásia. O país é também o segundo maior doador para Assistência Oficial para o Desenvolvimento, com 0,19% do seu PNB em 2004.[39] O Japão também contribuiu com contigentes não combatentes para a Invasão do Iraque, mas posteriormente retirou suas tropas do Iraque.[40]
As despesas militares do Japão são a quarta maior do mundo, com US$ 42 bilhões orçados em 2005, o que representa apenas 1% do PIB nacional por ano. O Japão tem disputas territoriais com Rússia, China, Taiwan e Coréia do Sul. A maior parte dessas disputas envolve a presença de recursos naturais como o petróleo e fatores históricos.[41] Reivindica a soberania sobre as ilhas Etorofu, Kunashiri e Shikotan, conhecidas no Japão como "Territórios do Norte" e na Rússia como "Ilhas Curilas do Sul" ocupadas pela União SoviéticaCoreia do Nortearmamento nuclear e de testes de mísseis. O fortalecimento militar da China também é uma fonte de preocupação. No entanto, o governo japonês considera o desenvolvimento de robótica militar mais viável para forças armadas do país. em 1945 e administradas atualmente pela Rússia. Disputa as Rochas Liancourt (chamadas Takeshima ou Dokdo) com a Coreia do Sul — ocupadas por esta desde 1954 — e as ilhas inabitadas de Senkaku-shoto (Diaoyu Tai) com China e Taiwan. O Japão também enfrenta graves problemas com a acerca de seu programa de
Modulo experimental japonês Kibo JAXA
A militarização do Japão é restringida pelo Artigo 9 de sua Constituição pós-guerra o qual renuncia ao direito de declarar guerra ou ao uso de força militar como meios para a resolução de disputas internacionais, ainda que o governo esteja tentando fazer uma emenda à Constituição através de um referendo.[42] As forças armadas do Japão são controladas pelo Ministério da Defesa e consistem basicamente das Forças de Autodefesa Terrestre, Marítima e Aérea. As forças armadas foram usadas recentemente em missões de paz e o envio de tropas japonesas para o Iraque marcou o primeiro uso delas desde a Segunda Guerra Mundial.[40]
No setor aeroespacial, a JAXA (sigla em inglês de Japan Aerospace Exploration Agency) é a agência espacial do Japão. A JAXA atualmente mantém diversas missões em andamento, as mais importantes são: Selene, a sonda lunar mais sofisticado colocado em órbita da Lua faz um completo mapeamento geográfico e mineral, e o Laboratório Kibo, parte do complexo da Estação Espacial Internacional.

[editar] Divisões administrativas

Crystal Clear app xmag.pngVer artigo principal: Subdivisões do Japão
Ainda que tradicionalmente o Japão seja dividido em oito regiões, administrativamente o país é formado por 47 prefeituras, cada uma com um governador, um legislativo e uma burocracia administrativa. A antiga cidade de Tóquio foi dividia em 23 bairros especiais, cada um com os mesmos poderes de uma cidade.
Mapa das prefeituras e das regiões do Japão.
No momento o país passa por uma reestruturação administrativa que unirá entre si a maioria das cidades e povoados. Este processo reduzirá o número de regiões administrativas e de subprefeituras e espera-se que corte gastos.[43]
O Japão tem mais de dez grandes cidades que cumprem um papel importante em sua cultura, patrimônio e economia. As dez mais populosas são também capitais de províncias e foram transformadas em cidades por mandato governamental devido à sua importância:

ECONOMIA JAPONESA

Levando-se em conta seu produto interno bruto de 4,8 trilhões de dólares,[45] o Japão é presentemente a segunda economia mundial[45] e a terceira em relação à paridade do poder de compra[46] o que ocorre, basicamente, em decorrência da cooperação entre o governo e a indústria, de uma profunda ética do trabalho, investimentos em alta tecnologia, redução de desperdicio e reciclagem de materiais e de um orçamento relativamente baixo para a defesa. Dentre as principais atividades industriais estão a engenharia automóvel, a eletrônica, a informática, a siderurgia, a metalurgia, a construção naval e a química, com destaque para as indústrias com tecnologia de ponta nestes setores.
As exportações japonesas incluem equipamento de transporte, veículos motorizados, produtos eletroeletrônicos, maquinário industrial e produtos químicos.[47] Os principais compradores do Japão são a China, os Estados Unidos, a Coreia do Sul, Taiwan e Hong Kong (em 2005).[47] Contudo, o Japão possui reduzidos recursos naturais para sustentar o crescimento econômico e por isso depende de outros países em relação a matérias-primas. Os países que mais vendem para o Japão são a China, os Estados Unidos, o Brasil, a Arábia Saudita, os Emirados Árabes Unidos, a Austrália, a Coreia do Sul e a Indonésia. As principais importações do país são máquinas e equipamentos, combustíveis fósseis, produtos alimentícios (carne em particular), químicos, têxteis e matéria-prima para suas indústrias. O principal parceiro comercial do Japão é a China.[48] O maior banco do mundo está no Japão,[49] o Mitsubishi UFJ Financial Group,[50][49] assim como o maior sistema de caderneta de poupança postal do mundo e o maior titular de poupança mundial, o Serviço Postal Japonês, detentor de títulos privados da ordem de 3,300 bilhões de dólares. Também fica no país a segunda maior bolsa de valores do mundo, a Bolsa de Valores de Tóquio, com uma capitalização de mercado de mais de 549,7 trilhões de yens em Dezembro de 2006.[51] Também é lar de algumas das maiores empresas de serviços financeiros, grupos empresariais e bancos. Por exemplo, vários keiretsus (grupos empresariais) e multinacionais como a Sony, a Sumitomo, a Mitsubishi e a Toyota têm bancos, grupos de investimento e de serviços financeiros. com aproximadamente 1,7 trilhões de dólares em fundos
Distrito de Minato Mirai 21 em Yokohama. A maior parte da economia japonesa está baseado no setor de serviços.
As principais atividades econômicas do Japão circulam entre as ilhas de Hokkaido, Honshu, Shikoku e Kyushu. O Japão é cortado por uma eficiente malha rodoviária e ferroviária que liga o país de norte a sul. Em 2004, havia 1.177.278 km de rodovias pavimentadas, 173 aeroportos e 23.577 km de ferrovias.[47] O transporte aéreo é em grande parte operado pela All Nippon Airways (ANA) e pela Japan Airlines (JAL). Já as ferrovias são operadas pela Japan Railways entre outras. Os aeroportos mais movimentados ficam nas regiões mais populosas do país, Kanto e Kinki. O Aeroporto Internacional de Narita, por exemplo, é o mais movimentado do país e o oitavo mais movimentado do mundo.[52] Há muitos vôos internacionais de várias cidades e países do Japão e para o país. Já o transporte portuário, apesar de fundamental para um país insular, encontra-se em baixa, desde um pico na década de 1980.[52]
Porque apenas 15% das terras japonesas são apropriadas para o cultivo,[53] o sistema de terraceamento é usado em pequenas áreas. Isto resulta em um dos mais elevados níveis de produtividade por unidade no mundo. O pequeno setor agrário do Japão, contudo, é muito subsidiado e protegido. O Japão precisa importar cerca de 50%[54] dos grãos consumidos a não ser pelo arroz, e depende de importações para seu suprimento de carne. O Japão é o segundo maior produtor de pescado do mundo por tonelada depois da China e tem uma das maiores frotas de pesqueiros do mundo que responde por quase 15% da pesca mundial.[47] O Japão depende de países estrangeiros em 80% para o seu suprimento de petróleo e alimentos como a carne bovina.[55]
Toyota Prius, um veículo elétrico híbrido. Automóveis e eletrônicos representam uma grande parte das exportações japonesas.
É líder nos campos da pesquisa científica, tecnológica, maquinária e médica. Algumas das mais importantes contribuições tecnológicas do Japão são encontrados nos campos da eletrônica, maquinaria, robótica industrial, óptica, química, semicondutores e metalurgia. O Japão é líder no mundo dos robôs industriais, sendo que mais da metade dos robôs existentes no mundo, são usados nas suas indústrias.[56]
As grandes empresas japonesas são organizadas de dois modos principais:
  • As keiretsus (ou redes verticais) são um conjunto de empresas que vivem em função de uma grande empresa especializada. As pequenas empresas são fornecedoras e prestadoras de serviços da empresa central. As maiores keiretsus giram em torno da Toyota, Toshiba, Nissan, Hitachi e Matsushita.
  • Redes horizontais ou kigyo shudan são baseadas na conexão entre grandes empresas. São consideradas herdeiras da zaibatsu. Atualmente as principais redes horizontais são: Mitsui, Mitsubishi, Sumitomo, Fuyo, Dao-Ichi Kangin e Sanwa.

CULTURA E EDUCAÇÃO NO JAPÃO

Educação

Auditório Yasuda, Universidade de Tóquio.
A alfabetização no Japão remonta anterior à introdução da escrita chinesa no século VI. Inicialmente restrita às classes aristocráticas, a educação atingiu a população em geral no Período Edo, em que havia escolas específicas para a classe dos samurais, mas também escolas mistas que ensinavam escrita, leitura e aritmética. Graças a esse sistema, calcula-se que em 1868, época da Restauração Meiji, 40% da população japonesa fosse alfabetizada.[57] A divisão em escolas primárias, secundárias e universidades foi introduzida no Japão em 1871 como parte da Restauração Meiji.[58]
Desde 1947, a educação obrigatória no Japão inclui a educação infantil e o ensino fundamental, shōgakkō, o qual dura nove anos (dos seis aos 15 anos). Quase todas as crianças continuam seus estudos em um ensino secundário, chūgakkō, de três anos e, de acordo com o Ministério da Educação, Cultura, Esportes, Ciência e Tecnologia, cerca de 75,9% dos formandos do ensino secundário cursaram a universidade, a educação profissional, ou outros cursos pós-secundários em 2005.[59] O ano letivo no Japão tem início em Abril e pode ser dividido em dois ou três períodos. O currículo de cada série é determinado pelo Ministério da Educação, Cultura, Esportes, Ciência e Tecnologia, bem como há avaliações periódicas do material escolar utilizado.[57]
A educação no Japão é muito competitiva,[60] em especial, o ingresso em instituições de ensino superior. De acordo com o Suplemento de Educação Superior do The Times, as universidades mais importantes do Japão são a Universidade de Tóquio, a Universidade de Quioto e a Universidade de Osaka.[61] No momento, a educação japonesa passa por uma reestruturação que tenta adaptá-la ao século XXI, mudando sua ênfase da disciplina e do respeito a tradição para a liberdade e a criatividade.[57]

[editar] Cultura

Crystal Clear app xmag.pngVer artigo principal: Cultura do Japão
Himeji-jo, o "Castelo da Garça Branca", na cidade de Himeji.
Nos últimos séculos ela foi influenciada pela Europa e pelos Estados Unidos. Apesar dessas influências, o Japão gerou um complexo próprio de artes, técnicas artesanais (bonecas, objectos lacados, cerâmica, bonsai, origamis e outras artes com papel, o além do ikebana), espetáculos (bunraku, dança, kabuki, noh, rakugo, shibu, Yosakoi Soran) e tradições (jogos, onsen, sento, cerimónia do chá), além de uma culináriacultura popular japonesa tornou-se conhecida a partir dos mangás e dos animes. Os mangás[62] A animação e os filmes influenciados pelo mangá são chamados anime. Os consoles feitos no Japão prosperaram desde os anos 80.[63] única. A surgiram com a união entre a pintura tradicional sobre madeira e a arte Ocidental.
A música do Japão também é eclética, emprestando instrumentos, escalas e estilos de culturas vizinhas. Muitos instrumentos como o koto, foram introduzidos nos séculos IX e X. O acompanhamento do noh data do século XIV e a popular música com o shamisen do XVI. A música ocidental, introduzida em fins do século XIX, agora é parte da cultura. O Japão do pós-guerra foi muito influenciada pela música contemporânea dos Estados Unidos e da Europa, o que levou ao desenvolvimento do estilo chamado J-pop.[64] O karaokê é a prática cultural mais comum.
Os primeiros trabalhos da literatura japonesa incluem dois livros, o Kojiki e o Nihonshoki e o livro de poesia do século XVIII, Manyoshu, todos escritos com ideogramas chineses.[65] No início do Período Heian, a escrita conhecida como kana (Hiragana e Katakana) foi criada como fonograma. Durante o Período Edo a literatura tornou-se arte não só da aristocracia, mas dos chonin, a população comum. A Era Meiji viu o declínio das formas tradicionais de literatura e a crescente adoção de influências ocidentais. Natsume SosekiMori Ogai foram os primeiros romancistas modernos do Japão, seguidos por Ryunosuke Akutagawa, Junichiro Tanizaki, Yasunari Kawabata, Yukio Mishima e, mais recentemente, Haruki Murakami. O Japão tem dois ganhadores do Nobel de Literatura, Yasunari Kawabata (em 1968) e Kenzaburo Oe (em 1994). No cinema destaca-se o cineasta Akira Kurosawa.[66] e

IMPORTA O NOVO NASCIMENTO PARA QUE SEJAS SALVO



A Bíblia é bem clara sobre a necessidade de uma pessoa nascer de novo para receber a vida eterna. Jesus cunhou esse termo em João 3:3-7, quando disse ao líder religioso Nicodemos: "Em verdade, em verdade te digo que se alguém não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus." Como essa necessidade é tão importante, Satanás a tem atacado com todo o seu poder nos últimos dois mil anos, fazendo a maioria das igrejas cristãs deixar de ensinar essa doutrina, apesar de que ninguém pode ser salvo sem passar por essa maravilhosa conversão espiritual. No entanto, a arma mais eficiente de Satanás contra a doutrina do Novo Nascimento sempre foi a confusão.
Felizmente, Jesus tornou esse processo de transformação bem simples, tão simples que todas as pessoas, independente de seu grau de instrução ou de inteligência, podem compreender. Existem vários passos para nascer de novo e eles estão relacionados a seguir:
1. Compreenda que TODOS os homens nascem pecadores. Romanos 3:23, diz "Pois todos pecaram e carecem da glória de Deus." Essa mensagem que todos os homens são pecadores é amplamente repetida nas Escrituras, tanto no Velho quanto no Novo Testamento. Isso significa que você é um pecador diante dos olhos de um Deus que é santo e que precisa punir todo o pecado. Você reconhece que é um pecador?
2. Como todo homem é um pecador imperfeito, e Deus é um Deus perfeito, nenhum homem pode salvar a si mesmo. Jesus deixou esse fato bem claro em Mateus 5:48, quando disse: "Portanto, sede vós perfeitos, como perfeito é o vosso Pai celeste." Se todos precisamos ser perfeitos aos olhos de Deus, como alguém poderá ir ao céu, especialmente se a Bíblia declara diversas vezes que TODOS são pecadores? Obviamente, ninguém irá ao céu assim, tentando ser bom para merecê-lo. Como a Bíblia diz que milhões de pessoas estarão no céu, deve haver outro modo de chegar lá, além de tentar ser bom o suficiente.
Você precisa estar arrependido dos seus pecados e querer obter o perdão. Isso se chama Arrependimento. A palavra arrependimento significa que você se arrepende dos pecados passados e que não quer pecar mais. Arrependimento significa o desejo de dar uma volta de 180 graus em sua vida. Não significa que você nunca mais pecará, mas significa que o pecado será uma exceção na sua vida, não a regra. Não se preocupe — o Espírito Santo de Deus lhe dará o poder espiritual para se transformar nesse tipo de pessoa.
3. Jesus Cristo, oferecendo seu sangue derramado no Calvário, morreu como um sacrifício substituto pelos seus pecados, e agora está oferecendo vida eterna no céu para você como um Dom Gratuito!! Parece bom demais para ser verdade? Em Romanos 6:23, temos: "Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus nosso Senhor." A vida eterna é um dom, um dom gratuito, de Deus por meio do sacrifício de Jesus na cruz. Você não pode comprar a vida eterna, e com certeza não a merece, mas ela é oferecida como um DOM GRATUITO.
4. Em Efésios 2:8-9, o apóstolo Paulo reitera esse ensino que a vida eterna com Deus é um dom gratuito. "Porque pela graça sois salvos, mediante a fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus; não de obras, para que ninguém se glorie." Nenhum homem poderá estar diante de Deus na eternidade, e se gloriar que "comprou" sua entrada no céu. Ao contrário, todas as pessoas no céu estarão ali somente por causa do Dom GRATUITO de Deus, que Jesus obteve com sua morte em nosso lugar na cruz. Em vez de punir os pecados individuais de cada pessoa, Deus acumulou esses pecados sobre Jesus quando Ele estava na cruz. [Isaías 53:2-12].
Agora, você provavelmente está pensando, 'Como posso receber esse dom gratuito da vida eterna?' Em Atos 16:25-33, o carcereiro perguntou a Paulo, "O que devo fazer para que seja salvo?" Paulo respondeu: "Crê no Senhor Jesus Cristo, e serás salvo, tu e tua casa." Você precisa CRER em Jesus Cristo como seu Senhor e Salvador pessoal. Para crer realmente, você precisa colocar toda sua fé e confiança em Cristo e depender somente dEle como sua única esperança de salvação e de vida eterna. Essa é uma questão de crer no coração e você não pode fingir e enganar a Deus, pois Ele sabe tudo a seu respeito. Muitas pessoas erroneamente pensam que aceitando os fatos acerca da morte, sepultamento e ressurreição de Jesus Cristo, automaticamente receberão o dom da vida eterna. No entanto, esse não é o caso. Normalmente, os pregadores chamam isso de "conhecimento mental, mas sem aceitação no coração". A salvação é dada gratuitamente, mas somente para aqueles que creram genuinamente.
5. Em João 1:1,14, vemos que Jesus Cristo é Deus, igual com Deus, presente com Deus antes do início dos tempos, e o verdadeiro criador do Universo e de tudo o que nele há. Jesus fez repetidamente essa afirmação durante seu ministério. Ele é 100% Deus e 100% humano ao mesmo tempo, e é essa a razão pela qual Ele usou ambos os títulos durante seu ministério, Filho de Deus e Filho do homem. Para nascer de novo, você precisa crer nessa doutrina acerca de Jesus Cristo.
O verso 14 é o mais importante, o ensino que o Filho de Deus, Jesus Cristo, tornou-se homem. Esse ensino torna-se um ponto de separação entre os seguidores de Cristo e do Anticristo. Em 1 João 4:1-3, vemos que se alguém nega que Jesus veio em carne tem o espírito do Anticristo. Logicamente, isso era exatamente o que os gnósticos daquele tempo estavam dizendo, isto é, que o Jesus humano não era o Deus Messias vindo em carne; em vez disso, a 'Consciência do Cristo' a Consciência do Messias veio sobre Jesus por ocasião do seu batismo e O deixou quando Ele estava na cruz. Eles não criam que Jesus fosse Deus e homem. O Movimento de Nova Era e a Maçonaria ressuscitaram essa blasfêmia.
6. Isaías 53:6 prediz exatamente o que Jesus Cristo fez por nós na cruz; "O SENHOR fez cair sobre ele a iniqüidade de nós todos." Glória a Deus!! Somente a sabedoria, a graça e o poder do Deus Todo Poderoso poderia conceber um Plano de Salvação tão gracioso!! A natureza de Deus exige a punição de todo pecado. Ponto final! No entanto, Deus teve um plano por meio do qual um substituto inocente seria punido no lugar do pecador. No Antigo Testamento, Deus permitia que um cordeiro fosse o sacrifício substituto para o pecado; Jesus então se tornou o sacrifício perfeito, para todos os pecados do mundo. Seu sacrifício foi perfeito, nunca precisa ser repetido e salva todas as pessoas em todas as épocas.
Para nascer de novo, você precisa compreender e crer nesse princípio da morte substitutiva de Jesus na cruz do Calvário em seu lugar.
Agora que você compreende essas verdades, e crê nelas, precisa compreender como pode receber esse Dom GRATUITO da vida eterna por meio de Jesus Cristo. Afinal, se eu estivesse tentando lhe dar um presente GRATUITO, esse presente não se tornaria seu se você se recusasse a estender o braço e pegá-lo da minha mão. Você precisa ir até o Senhor Jesus e receber o Dom GRATUITO da Vida Eterna das mãos dEle. Como você faz isso?
Por meio da fé salvadora.
Observe que eu disse fé salvadora. Existem tipos de fés que não o salvarão. Você pode entender intelectualmente os fatos sobre a pessoa de Jesus Cristo, mas essa não é uma fé salvadora. Você pode estar em uma 'igreja' ou em uma seita que ensina muitas verdades sobre Jesus Cristo, mas que ensina que você precisa fazer outras coisas para ganhar sua entrada no céu. Essa também não é a fé salvadora.
Fé salvadora é confiar em Jesus Cristo e nEle somente, para sua salvação.
Se você acha que precisa de algo mais do que confiar na obra de Jesus Cristo na cruz, está contrariando Efésios 2:8-9 e Isaías 53:6b. A maioria das seitas e as falsas religiões cristãs erram nesse ponto; acrescentam outras coisas que são "necessárias" para a salvação, ou oferecem um caminho falso para o céu (por exemplo, salvação por meio do batismo).
Você recebe esse maravilhoso Dom GRATUITO de Vida Eterna aceitando-o pela fé salvadora. Essa é a maior história já contada, sobre a maior oferta que já foi feita, pela maior de todas as pessoas que já viveu. Verdadeiramente, somente um Deus sábio e gracioso poderia conceber um plano maravilhoso assim por meio do qual os homens pudessem ter seus pecados perdoados, e obter a vida eterna. Pense nisso! Deus, por sua própria natureza, precisa punir todo pecado, mas como é misericordioso, oferece o Plano da Punição Substitutiva, por meio de Seu Filho Jesus Cristo. Historicamente, chamamos esse plano maravilhoso de Evangelho, ou Boas Novas!!
Quer receber esse Dom da Vida Eterna que Jesus Cristo oferece? Se sua resposta for "Sim", pode receber imediatamente a vida eterna.
Deixe-me deixar bem claro o que está envolvido. Primeiro, você vai transferir sua confiança, sua esperança de vida eterna do que está fazendo para o que Jesus fez por você na cruz. Jesus removerá seus pecados e transferirá para você a justiça dEle. Isso significa que embora você tenha falhado continuamente em guardar os mandamentos de Deus, e em viver de acordo com Sua palavra, Cristo obedeceu perfeitamente todas essas leis de Deus. Ele viveu uma vida imaculada e pode ser o sacrifício substitutivo perfeito, inocente que Deus aceitou pelos seus pecados e os de todo o mundo, para todos os que aceitarem essa dádiva.
Você deseja arrepender-se de seus pecados agora, e tornar-se um membro responsável da família de Deus para sempre, seguindo-o, servindo-o como membro do corpo de Cristo, a igreja? Se a resposta do seu coração for 'Sim', então podemos ir a Ele agora em oração e podemos dizer-lhe que você quer deixar de confiar em qualquer outra coisa, especialmente naquilo que você mesmo tentou fazer para obter a salvação eterna. Você pode colocar sua confiança nEle e nEle somente para sua salvação, recebendo-o agora como seu Salvador pessoal. Antes de orarmos uma oração simples, preciso enfatizar que o Senhor Jesus Cristo está olhando mais para o seu coração do que para seus lábios. Como Ele prometeu, "Buscar-me-eis e me achareis, quando me buscardes de todo vosso coração". [Jeremias 29:13].
Se for isso que você quer, então o Senhor ouvirá sua oração e lhe dará a vida eterna, agora, na privacidade do seu lar. Vamos orar.
"Pai, peço que concedas o Dom GRATUITO da vida eterna. Que teu Santo Espírito leve esta pessoa até ti. Conceda-lhe a fé para crer nas tuas maravilhosas promessas. Dá-lhe o arrependimento para converter-se dos seus pecados. Revele a ela Jesus Cristo crucificado como o sacrifício substitutivo perfeito."
O Senhor Jesus Cristo está com você a partir deste momento. Você não está falando com ninguém agora, somente com Ele. Se você realmente quer nascer de novo, entrar na família de Deus por meio de Jesus Cristo, faça esta oração, no seu coração:
"Senhor Jesus, quero receber-te na minha vida e que passes a ter o controle dela. Sou um pecador. Até aqui confiei em mim mesmo e nas minhas boas obras, e em outras coisas. Mas, agora, coloco minha confiança em Ti. Eu Te aceito como meu Salvador pessoal. Creio na Tua morte em meu lugar. Eu Te recebo como Senhor e Mestre da minha vida. Ajude-me a deixar os pecados e a Te seguir. Aceito Tua oferta do Dom GRATUITO da vida eterna. Sou indigno dela, mas agradeço a Tua graça. Amém."
Agora, permita que eu ore por você. "Pai, ouvistes a oração feita por esta pessoa. Que neste momento silencioso, Teu Santo Espírito lhe dê segurança absoluta da vida eterna; conceda-lhe a certeza que seus pecados estão perdoados. Que ela possa ouvir, no fundo de sua alma, Tua voz dizendo 'Perdoados estão teus pecados. Vá em paz.' Que possa ouvir Tua voz dizendo, "Quanto dista o oriente do ocidente, assim afastarei de ti as transgressões, e nunca mais me lembrarei dos teus pecados." Aquele que crê em Jesus Cristo passou da morte para a vida, não perecerá, mas terá a vida eterna. Oro no nome de Jesus. Amém." [Salmo 103:12; João 3:16,18, 5:24, paráfrase].
Você acaba de fazer a oração mais importante da sua vida. Se foi sincero nisso, quero que veja o que Jesus diz sobre o que você acaba de fazer. Em João 6:47, Ele diz, "Em verdade, em verdade vos digo, que aquele que crê em mim tem a vida eterna." Durante sua oração, você não ouviu um coral de anjos ou teve alguma visão; no entanto, por um simples ato de fé, colocou sua confiança para sua salvação eterna em Jesus Cristo.
Fé salvadora é confiar em Jesus Cristo SOMENTE para a sua salvação. Se no seu coração, você concordou com o que seus lábios disseram, tem a promessa de Jesus Cristo que Ele perdoa seus pecados, o adota no Reino dos Céus, e que concede vida eterna nos céus com Ele.
Se isso tudo parece simples e você acha inacreditável que possa ser verdade, a Bíblia garante que é assim mesmo. Ao longo dos séculos, o homem complicou o Plano de Salvação e a maioria das pessoas não sabe o quão simples e descomplicado é esse plano por meio de Jesus Cristo! Se você foi genuíno na sua oração, tem agora a vida eterna e a certeza dela como se já estivesse no céu. Jesus disse que ninguém pode tomar aquele que está em Suas mãos. Não há nada no céu ou na terra que possa tirá-lo de lá!!
Como você pode saber com certeza que nasceu de novo? Não espere uma experiência de "tremor no chão", porque na maioria dos casos ela vem de uma forma tranqüila, uma sensação de alívio, de ter uma carga removida dos ombros. Você não verá fogos de artifício ou bandas tocando, mas sentirá uma calma maravilhosa no coração. Com o passar do tempo, descobri que um dos melhores indicadores do novo nascimento é uma genuína compreensão da Palavra de Deus. Antes de nascer de novo, o "homem natural" (a pessoa perdida), não pode compreender as Escrituras porque elas se discernem espiritualmente (1 Coríntios 2:14). Na verdade, a Bíblia é uma tolice para essa pessoa. Assim, quando a Palavra de Deus começar a fazer sentido, a falar ao seu coração e a convencê-lo do pecado, esse é um indicador muito bom que você tem o Espírito Santo de Deus habitando em sua vida. O cristão obtém uma nova natureza espiritual por meio do novo nascimento, mas não se liberta da velha natureza pecaminosa com a qual nasceu. Portanto, é vitalmente importante que "cresçamos na graça e no conhecimento de Jesus Cristo." [2 Pedro 3:18]. Precisamos cooperar com o Espírito Santo durante o tempo em que vivemos rodeados pelo pecado neste mundo. O Espírito Santo literalmente passa a residir dentro de nós quando nascemos de novo e nunca nos deixará ou nos esquecerá.
Outra evidência maravilhosa da salvação genuína encontra-se no "fruto do Espírito" [Gálatas 5:22] que ocorre nas nossas vidas cotidianas à medida que o Espírito Santo opera dentro de nós. A presença dEle será manifesta ao mundo exterior por meio do amor, da alegria, da paz, da longanimidade, da fé, etc. que o mundo verá em nós! A Bíblia diz em Romanos 8:16 que, "O mesmo Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus." Em outras palavras, o Espírito Santo que habita dentro de nós nos diz que pertencemos a Deus.
No entanto, há muito mais!! Em Apocalipse 3:20, Jesus prometeu: "Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e cearei com ele e ele comigo." Jesus Cristo acaba de entrar NO SEU CORAÇÃO por meio da atuação do Espírito Santo, para viver nele para o resto da sua vida! É uma grande notícia, pois agora temos o mesmo poder do Espírito Santo que ressuscitou Jesus Cristo dentre os mortos. [Romanos 8:11] Na verdade, recomendo que você leia o Capítulo 8 de Romanos para ver todas as vantagens que temos pelo fato de o Espírito Santo habitar em nós.
A salvação por meio do sangue que Jesus derramou no Calvário lhe dá um relacionamento pessoal e profundo com o Espírito Santo enquanto você viver!! Quando você começar a ler a Bíblia, e especialmente o Novo Testamento, compreenderá a maravilhosa profundidade do relacionamento que pode ter com o Criador! A salvação produz um relacionamento que enriquecerá diariamente sua vida! Você nunca conseguirá acreditar, até que nasça de novo, o tipo de vida que perdeu por tanto tempo!
Se você tomou sua decisão de nascer de novo, escreva e conte-nos, para que possamos lhe dar alguns conselhos práticos sobre como garantir sua crescente maturidade e produtividade no Senhor. Quando nos escrever, coloque "Nascido de Novo" no campo Assunto.
Outro bom artigo que pode ler em nosso site, é Se Você For Novo na Fé Cristã. Ele oferece ótimas diretrizes para você crescer na graça e no conhecimento do Senhor Jesus Cristo.
Nós o amamos no Senhor. Ore por este ministério, que procura alertar as pessoas no mundo inteiro acerca da Nova Ordem Mundial. Precisamos das suas orações, pois Satanás está nos atacando fortemente.
Por causa do amor de Jesus Cristo por nós no Calvário,

SOCIEDADE SECRETA MATARAM O SENHOR JESUS CRISTO


Recursos úteis para sua maior compreensão

Título do Livro 1


Título do Livro 2


Título d
(Transcrição de um programa de rádio)

Aqui é David Bay, diretor de Old Path Ministries.
E este é The Cutting Edge, um programa de rádio dedicado a exortar e informar o povo de Deus. Estamos comprometidos com o estudo e exposição da imutável e inspirada Palavra de Deus. As visões expressas aqui são nossas e não são necessariamente compartilhadas por esta emissora.
A falência moral de nossa sociedade está bem comprovada.
Poucas pessoas compreendem por que falimos moralmente. No entanto, quando olhamos para a sociedade com os olhos de Deus, por meio da Bíblia, podemos facilmente compreender a razão de estarmos enfrentando problemas sem precedentes hoje. O estudo da nossa sociedade por meio dos olhos de Deus é o que sempre tentaremos fazer aqui; fique conosco para aprender algumas verdades esclarecedoras.
Antes de iniciarmos na continuação do estudo da semana passada sobre a sociedade secreta judaica, a Cabala, precisamos esclarecer um engano fundamental com relação às sociedades secretas.
Muitas pessoas pensam que as sociedades secretas são simplesmente e somente organizações sociais que realizam atividades caritativas. Nada poderia estar mais longe da verdade. Lembre-se da advertência de Jesus sobre o engano, em Mateus 24:4-5,11,24. No verso 24, Jesus quantificou esse tipo de engano quando disse: "Porque surgirão falsos cristos e falsos profetas, e farão tão grandes sinais e prodígios que, se possível fora, enganariam até os escolhidos." Esse engano que está profetizado será muito sofisticado e virtualmente enganará a todos os habitantes do mundo que não são salvos. Esse é o caso com todas as sociedades secretas. Elas enganam especialmente seus próprios membros. Albert Pike em seu livro Morals and Dogma (leia a resenha), afirma que é necessário enganar os próprios membros até que possa ser determinado que estejam prontos para receber a "verdade".
Sempre que realizo pesquisas no mundo tenebroso da Nova Ordem Mundial, fico admirado pela grande aprovação dada à Maçonaria pelos espíritos-guia dos autores ocultistas. Por exemplo, o Mestre D. K., escrevendo por meio de Alice Bailey em The Externalization of Hierarchy (A Exteriorização da Hierarquia), diz, na página 511, que a Fraternidade Maçônica "é o lar dos Mistérios, e o trono da iniciação". Logicamente, a palavra "Mistérios" sempre se refere às religiões de Mistérios Satânicos da Babilônia e do Egito. As iniciações são as cerimônias iniciais por meio das quais uma pessoa é admitida no culto. Como já compartilhamos com nossa audiência em outros programas, essas iniciações são, por sua própria natureza, satânicas e têm o poder de mudar a vida do indivíduo. Mas, o Mestre D. K, então solta a bomba sobre a Maçonaria quando afirma: "É uma organização muito mais ocultista do que normalmente é percebido e destina-se a ser a escola de treinamento para os futuros ocultistas avançados." O Mestre D. K. acaba de revelar um segredo do fundo do poço do abismo -- a Maçonaria é uma criação de Satanás, apesar de todas afirmações em contrário dos maçons. O mesmo é verdadeiro sobre todas as sociedades secretas, quaisquer que sejam os nomes delas.
Na semana passada, examinamos o fato histórico pouco conhecido que os fariseus, que tanto odiavam o Senhor Jesus e que planejaram sua morte na cruz, eram membros de uma sociedade secreta judaica chamada Cabala. Após compreendermos esse fato, podemos mais facilmente compreender muitas das coisas contra as quais Jesus falou. Podemos compreender mais completamente como o ódio dos fariseus parecia sobrenatural e como a dureza de seus corações era tão grande mesmo diante dos milagres mais incríveis já realizados.
Hoje, estudaremos esse assunto mais completamente.
Estudaremos o conhecimento oculto especial, secular ou terreal, que essas sociedades secretas ensinavam. Estudaremos o Remidor Pagão Prometido que os fariseus aguardavam. Compreenderemos porque os fariseus sentiram-se na obrigação de matar Jesus. Veremos como os fariseus puderam presenciar os milagres mais incríveis de Jesus e odiá-lo ainda mais. As ramificações disso tudo são extraordinárias.
A principal razão pela qual os homens tradicionalmente ingressam em sociedades secretas nos últimos 4.000 anos é que recebem a promessa de grandes e valiosos conhecimentos que precisam ser mantidos preservados com segurança dentro dos confins da sociedade. Os membros aprendem que esse conhecimento secreto oculto é tão especial que as massas de pessoas não poderiam compreender em nenhuma circunstância. Esse conhecimento oculto era tanto espiritual quanto secular. O conhecimento espiritual era conhecido como "Especulativo" e era ensinado após os homens terem recebido o conhecimento secular prático. Quais eram alguns dos aspectos desse conhecimento prático e terreal?
Depois que compartilharmos isso, você poderá ver facilmente como um grupo de pessoas que possuía esses segredos podia prontamente atingir o ponto em que controlavam a sociedade econômica e socialmente. Segure-se firme na cadeira, pois você ficará chocado.
A autora de Nova Era, Elizabeth van Buren, afirma em seu livro Secrets of the Illuminati, que o matemático grego Pitágoras deixou seu lar por muitos anos e foi viver no Egito. Pitágoras deixou sua casa em busca de um prêmio que cobiçava muito; ele queria aprender os segredos da Geometria, e sabia que o único lugar no mundo onde poderia adquirir esse conhecimento era em uma sociedade secreta egípcia. Em outras palavras, somente em uma sociedade secreta satânica Pitágoras e muitos homens como ele poderiam aprender Geometria!! Satanás tinha revelado esses preciosos segredos aos sacerdotes das sociedades secretas, com o único propósito de usar esse conhecimento da matemática como isca para atrair as melhores mentes do mundo. Satanás sabia que, uma vez que um homem tivesse aprendido algo tão maravilhoso e prático quanto a Geometria, estaria aberto a receber a religião satânica falsa contida dentro da escola de conhecimento especulativa, ou espiritual. Assim, Satanás revelou esses conhecimentos de Geometria aos membros das antigas sociedades secretas.
Agora, neste ponto, você pode querer contestar, dizendo que não há base bíblica para esse conceito que Satanás pode revelar conhecimento científico a alguém. Se você está pensando nisso, está apenas parcialmente correto. A Bíblia diz que Deus revelou conhecimento prático a certas famílias no Antigo Testamento. Quando Deus instruiu Moisés sobre a construção do Seu santuário, foi extremamente detalhista sobre a construção, sobre os materiais e sobre o acabamento final. Em Êxodo 35:30-36:4, temos a informação que o Espírito Santo colocou o conhecimento e concedeu as habilidades práticas necessárias para a construção do santuário de acordo com a vontade de Deus na mente de certos homens. Em outras palavras, em uma manhã, aqueles homens escolhidos acordaram e descobriram que possuíam o conhecimento e as habilidades para trabalhar e criar belas obras de arte com determinados materiais. Alguns receberam o conhecimento de como trabalhar com o ouro, uns com a prata, outros com o bronze, apenas para citar alguns. Além disso, Deus concedeu a esses homens a capacidade de transmitir esse conhecimento para outras pessoas, conforme fosse necessário. O propósito dessa súbita implantação de conhecimento era glorificar a Deus na construção do Seu santuário.
Satanás poderia de forma sobrenatural também revelar segredos aos homens que tinham se consagrado a ele, o que é tão comum nas sociedades secretas? A Bíblia revela que Satanás, o príncipe deste mundo, pode fazer o que quiser, a não ser que o Espírito Santo de Deus o proíba especificamente.
Os membros do ocultismo aprendiam que certos assuntos eram revelados aos homens nas sociedades secretas. Alguns desses assuntos, além da Geometria já mencionada, eram: .
Esse conceito realmente é chocante. Se for verdadeiro, podemos compreender como os antigos babilônios e egípcios puderam construir seus edifícios e monumentos magníficos, muitos dos quais resistiram à ação do tempo e dos elementos naturais. Agora, também podemos compreender melhor como os antigos puderam desenvolver culturas de nível tão elevado. Podemos compreender como os poucos indivíduos que possuíam esse conhecimento especial puderam rapidamente ascender a altos níveis de proeminência e poder e tornarem-se líderes privilegiados de qualquer cultura. Podemos ver facilmente como esses poucos indivíduos conseguiram acumular vastas riquezas para si e para seus descendentes. Satanás podia então usar esse poder, esse conhecimento e essas riquezas para fazer seu reino avançar ainda mais.
No entanto, muitos de vocês ainda podem ter dúvidas sobre essas afirmações, e achamos isso compreensível. Afinal, esses autores estão escrevendo sobre homens que viveram milhares de anos atrás; certamente, a partir de um ponto de vista desses muitos anos, os autores podem estar enganados sobre alguns fatores que parecem indicar para eles esse cenário. Há alguma indicação na sociedade altamente tecnológica dos dias atuais que Satanás intervém nas mentes dos homens que o adoram em sociedades secretas e transmite algum conhecimento para eles? Sim, há, e alguns desses homens ainda estão vivos.
Marcel Vogel, um ocultista que foi um dos inventores originais dos computadores IBM, afirmou no início dos anos 80 que recebeu a inspiração para seu computador durante um sonho psíquico. Em outras palavras, um demônio trabalhou por meio do Vogel para criar o computador!!
Considere outros inventores que também eram ocultistas:
  • Os dois criadores do computador Apple. Para sinalizar que o computador tinha uma base ocultista, fixaram o preço de lançamento em US$ 666.66.
  • Thomas Edison era um teosofista dedicado.
  • O criador do processo xerográfico creditava sua invenção a um sonho psíquico.
  • O Mestre D. K., escrevendo por meio de Alice Bailey, em The Externalization of the Hierarchy revela que a bomba atômica "emergiu de um Ashram do primeiro raio (um demônio) que trabalhou em conjunção com um quinto grupo" (cientistas que trabalhavam para o governo americano).
Se essas informações forem corretas, explicam como ocorreu a tremenda expansão no conhecimento e nas invenções no século 20. Em menos de cem anos, o mundo atingiu o ponto em que a economia pode ser globalizada e estruturada de forma que ninguém possa comprar ou vender, a não ser que possua certo tipo de marca eletrônica. O mundo chegou ao ponto em que os governantes podem controlar seus cidadãos minuto a minuto. As diferenças culturais e lingüísticas que historicamente mantiveram os povos divididos estão agora superadas, de forma que vemos o governo mundial em formação. Pelas mesmas razões, o mundo agora está se encaminhando rapidamente para a implantação de uma religião mundial. Nenhuma das profecias do fim dos tempos poderia ser cumprida nos dias das carroças puxadas por cavalos do passado. Esse cenário que está próximo somente é possível por causa da súbita explosão no conhecimento que ocorreu no século 20.
Assim, podemos ver como as sociedades secretas puderam atrair as melhores mentes do mundo, em todas as épocas e puderam transmitir aos seus membros os conhecimentos práticos que os capacitava para serem indivíduos dominantes em sua civilização.
Agora, porém, vamos retornar ao nosso assunto principal sobre os fariseus. Como dissemos rapidamente na semana passada, as sociedades secretas também aguardavam o súbito aparecimento de um Remidor Prometido. No entanto, o Remidor Prometido delas não era aquele prometido nas profecias bíblicas; em vez disso, ele era um homem que tinha atingido a perfeição e sobre quem a Consciência do Cristo final desceria no momento certo na história mundial para levar o mundo à sua prevista "Era Dourada". Em outras palavras, esse falso Cristo aguardado pelos pagãos é o Anticristo. Satanás espertamente difundiu a profecia do Redentor vindouro nas muitas sociedades secretas da antiguidade. Os magos do oriente que foram a Jerusalém procurando o rei dos judeus que tinha nascido, estavam aguardando a chegada do Redentor pagão. Mais especificamente, eles conheciam a incrivelmente precisa profecia de Daniel 9:24-26 e sabiam que os tempos estavam dentro da expectativa normal de vida de um homem para o cumprimento daquela profecia. Aqueles magos eram membros da seita pagã chamada Zoroastrismo. Essa seita persa estava entre os sábios de Babilônia mencionados em Daniel 2:1-18; na verdade, aqueles pagãos consideravam Daniel um mago no mesmo estilo que eles; como tal, conheciam seus escritos, incluindo a profecia das setenta semanas, registrada em Daniel 9:24-26. Assim, o Redentor Pagão Prometido não era Deus, mas um homem que tinha alcançado a perfeição por meio dos rituais das sociedades secretas, e sobre quem viria a Consciência do Cristo.
A sociedade secreta judaica Cabala estava esperando a chegada de um Redentor Prometido do mesmo tipo que outras sociedades secretas. Esses judeus estavam aguardando que um homem se levantasse de dentro da sociedade secreta, um rei rico e poderoso, um guerreiro que lideraria Israel em triunfo sobre seus inimigos, governando na Casa de Davi para sempre.
Portanto, eles ficaram horrorizados quando o nascimento de Jesus foi anunciado para humildes pastores e não para o conselho governante da Cabala. Eles rejeitaram a idéia que o Redentor Prometido poderia nascer de pais de origem humilde em um estábulo. Não, o Redentor deles nasceria de um pai que era membro da sociedade secreta, rico, influente e poderoso. Logicamente, esse Redentor nasceria em um palácio. Assim, rejeitaram imediatamente a idéia que Jesus poderia ser o Cristo e, evidentemente, não protestaram quando o rei Herodes tentou matá-lo.
Mais tarde, quando Jesus iniciou seu ministério, esses judeus cabalistas ficaram ainda mais horrorizados com a possibilidade de Jesus ser o Redentor Prometido. Além da sua origem humilde, os fariseus cabalistas rejeitavam a afirmação de Jesus de ser o Redentor Prometido por outros fatores:
  • Jesus revelava verdades espirituais diretamente às massas de pessoas. Os fariseus sabiam que Jesus tinha aprendido a verdade contida no Antigo Testamento; assumiam que Jesus a tinha aprendido em uma sociedade secreta em algum lugar. No entanto, Jesus não estava mantendo essas verdades em segredo das massas, mas estava revelando diariamente novas verdades a elas. Lembre-se, as sociedades secretas requerem que seus membros mantenham todos os segredos que aprenderam absolutamente para si mesmos. Os juramentos severos que todo membro de sociedade secreta é obrigado a fazer, implicam em morte dolorosa para aqueles que revelarem os segredos aos não-membros. Assim, os fariseus acreditavam que Jesus era digno da mais severa e dolorosa morte.
  • Os membros das sociedades secretas tinham aversão ao povo comum. Eles deliberadamente tentavam enganá-lo espiritualmente, e criavam barreiras sociais para manter as massas separadas dos membros das sociedades secretas. Assim, quando Jesus começou a se relacionar com o povo comum e, especialmente, com os maiores pecadores dentre o povo, os fariseus souberam que Jesus não poderia ser seu Redentor Prometido.
  • Os fariseus tinham cuidadosamente enganado o povo comum por meio da criação do Talmude. As restrições do Talmude para a vida diária mantinham o povo em servidão aos fariseus. O Talmude também escondia a verdade de Deus contida nos livros de Moisés. Além disso, Jesus atacou essas "tradições dos homens" com palavras extremamente fortes. Os fariseus contra-atacaram planejando matar Jesus.
  • Eles acreditavam que esse Redentor Prometido seria capaz de realizar milagres e curas extraordinárias, pois seria um adepto (um ocultista avançado) que poderia acessar o poder inerente contido dentro da sociedade secreta. Preste muita atenção enquanto abordamos esse tema, pois estamos lidando com um assunto explosivo. Quando Jesus começou a validar seu ministério por meio dos muitos milagres de curas e expulsão de demônios, os fariseus não se surpreenderam. Há grande poder na prática do ocultismo, pois Satanás é um ser sobrenatural. Certos fariseus podiam realizar alguns dos mesmos milagres que Jesus estava fazendo, pois podiam acessar o poder dos demônios. Portanto, quando Jesus realizava os milagres que os fariseus ocultistas podiam realizar, eles simplesmente atribuíam o poder de Jesus ao ocultismo. Quando Jesus realizava um milagre superior ao que os fariseus realizavam, eles simplesmente atribuíam esses milagres à sua crença que Jesus era um adepto mais avançado no ocultismo que eles.
Vemos essa crença dos fariseus em Mateus 12:22-37. Jesus tinha acabado de expelir demônios de um homem e os fariseus verbalizaram a crença da sua sociedade secreta, quando disseram, no verso 24: "Este não expulsa os demônios senão por Belzebu, príncipe dos demônios." A resposta de Jesus foi imediata. Primeiro, fez a pergunta óbvia: Se estava expelindo os demônios pelo poder do ocultismo, então por qual poder os fariseus expeliam os demônios? Veja, a expulsão de demônios era um modo fácil e muito popular de convencer as pessoas comuns que você era genuinamente justo e cheio do Espírito Santo. No entanto, os fariseus sabiam que o poder deles de expulsar demônios era proveniente do ocultismo.
Segundo, Jesus proferiu a afirmação mais severa registrada na Bíblia: "Todo o pecado e blasfêmia se perdoará aos homens; mas a blasfêmia contra o Espírito não será perdoada aos homens. E, se qualquer disser alguma palavra contra o Filho do homem, ser-lhe-á perdoado; mas, se alguém falar contra o Espírito Santo, não lhe será perdoado, nem neste século nem no futuro." A revelação de Jesus que há uma nova classe de pecado que é imperdoável é incrível. Nunca no Antigo Testamento Deus sugeriu a existência de um pecado imperdoável. No entanto, Jesus anunciou isso aqui. O pecado imperdoável é simplesmente atribuir o poder de Jesus de realizar seus milagres a Satanás ou a um demônio. Quando uma pessoa diz isso, está negando o poder e a obra do Espírito Santo. Esse é um pecado que Deus nunca perdoará. Além disso, quando uma pessoa comete esse pecado, o Espírito Santo cessa de trabalhar em sua vida, deixando de tentar convencê-la de seus pecados e de levá-la ao arrependimento. Assim, Satanás passa a ter livre acesso à alma dessa pessoa, podendo fazer o que quiser com ela. Satanás pode embrutecer o coração dessa pessoa em um nível monstruoso.
Não há nenhuma evidência que os fariseus deixaram de fazer essa afirmação depois que Jesus os advertiu que aquele pecado era imperdoável. Na verdade, a atividade deplorável deles durante a crucificação indica que ainda criam naquela mentira e a estavam propagando. Enquanto Jesus morria, os fariseus zombavam por Ele não descer da cruz com grande poder e salvar a Si mesmo. Eles ainda criam que Jesus não possuía poder inerente, que tinha poder somente quando podia acessá-lo corretamente do ocultismo. Quando ele não desceu da cruz, os fariseus sentiam-se corretos em sua crença. Assim, eles sentiram que tinham realizado seu papel como guardiães do juramento da sociedade secreta de não revelar os segredos aos não-membros. Como acreditavam que Jesus era membro de uma sociedade secreta, achavam que merecia uma morte bem dolorosa, conforme fica implícito nos juramentos das sociedades secretas. Os fariseus achavam que tinham cumprido seu papel.
Queremos encerrar com as tremendas ramificações que essa crença dos fariseus tem ainda hoje. Quando proferiram sua crença que Jesus somente podia realizar seus muitos milagres porque era um adepto em uma sociedade secreta, Jesus declarou que eles estavam cometendo o pecado imperdoável. Alguém poderia achar que essa advertência tornaria qualquer pessoa muito receosa de fazer uma afirmação dessas novamente, pois sua alma ficaria irremediavelmente perdida. Tristemente, este não é o caso. Nesta Webster, em seu livro Secret Societies and Subversive Movements (Sociedades Secretas e Movimentos Subversivos) registra, na página 92, que o grupo Gnósticos Carpocratas, mantém essa visão. Além disso, essa crença é como um fio consistente que "permeia todas as sociedades secretas até o dia de hoje".
Em outras palavras, os membros das sociedades secretas estão cometendo o pecado imperdoável, pois a advertência de Jesus está registrada em Mateus 12:24. A lista de sociedades culpadas inclui as Sociedades de Irmandade da Morte, os Rosa-cruzes e a Maçonaria. Como já relatamos em outro artigo, a Sociedade da Irmandade da Morte é uma organização que existe em todo o mundo. Existem duas que são mais conhecidas, uma na Alemanha e outra nos EUA. A alemã chama-se Sociedade de Thule; Adolf Hitler foi membro dessa sociedade. Se compreendermos que Hitler cometeu o pecado imperdoável quando estava sendo treinado como um adepto na Sociedade de Thule, podemos facilmente compreender como ele pôde perpetrar os seus atos monstruosos durante a Segunda Guerra Mundial. Podemos compreender facilmente como sua mente pôde ter ficado tão endurecida e tão saturada com ódio pelos judeus primeiro, e pelos cristãos, em segundo lugar. Muitos dos principais oficiais de Hitler também eram membros da Sociedade de Thule, de modo que também praticaram esse pecado imperdoável. Como dissemos anteriormente, após a pessoa cometer esse pecado, o Espírito Santo cessa de trabalhar em seu coração e na sua mente, para convencê-la do pecado e levá-la ao arrependimento. Essa pessoa deixa de ter uma consciência. Ela pode tornar-se tão endurecida no coração e na mente que pode ser usada poderosamente por Satanás, sem que sinta o menor remorso ou culpa.
A Sociedade de Irmandade da Morte norte-americana é a Caveira e Ossos (Skull and Bones) que existe na Universidade de Yale, em New Haven, estado de Connecticut. Sua estrutura de crenças é idêntica à da Sociedade de Thule. Portanto, podemos concluir que os homens que pertencem a essa sociedade também afirmam essa crença sobre Jesus Cristo e cometem o pecado imperdoável. A lista de algumas das famílias que têm membros que pertenceram à Sociedade Caveira e Ossos é de arrepiar, pois mostra a extensão em que os EUA estão sendo influenciados por essa organização satânica. [NT: Yale é uma prestigiosa universidade voltada para a elite econômica norte-americana. Somente os filhos das famílias mais ilustres são convidados a ingressar na Sociedade Caveira e Ossos, durante o tempo em que estão na universidade] Lembre-se, os homens dessas famílias provavelmente cometeram o pecado imperdoável. (Citamos aqui uma pequena lista de algumas famílias ilustres que têm membros na Caveira e Ossos. A citação é do livro America's Secret Establishment, de Antony Sutton, pg 22).
  • Família Rockfeller (Standard Oil)
  • Família Weyerhaeuser (madeira)
  • Família Sloane (varejo)
  • Família Pillsbury (moinhos de trigo)
  • Família J. P. Morgan (bancos)
  • Família Taft (política)
  • Família Bush (incluindo o ex-presidente George Bush e seu filho, o governador do Texas e candidato a presidente pelo partido Republicano, George W. Bush).
Espere um minuto, você diz que George Bush provavelmente cometeu o pecado imperdoável por causa de sua participação na Sociedade Skull and Bones? Sim. Agora, você pode ver como foi fácil para o Presidente Bush liderar a nação norte-americana na entrada para a Nova Ordem Mundial. Agora você pode ver que ele é muito diferente por dentro da imagem criada pela mídia.
E o presidente Clinton? Nós, cristãos, sempre soubemos que ele foi o mais anticristão presidente na história norte-americana. É provável que Clinton tenha caído nessa armadilha durante seu envolvimento com o Programa de Bolsas Acadêmicas Rhodes, na Inglaterra. Há tempos que sabemos que Cecil Rhodes foi membro dos Illuminati, e trabalhou em conjunto com os banqueiros da casa de Rothschild no início do século XIX. Entretanto, o autor Sutton apresenta um novo elemento a essa história, na página 23 do livro citado anteriormente. Ele declara que Cecil Rhodes fundou uma sociedade secreta chamada Milners Round Table (Mesa Redonda dos Milners), fundada com os mesmos princípios que os Illuminati e as "sociedades secretas judaicas equivalentes".
Acreditamos ser possível que o presidente Clinton tenha cometido o pecado imperdoável. Se isso for realmente verdade, ele poderá ser capaz de levar nosso país à satânica Nova Ordem Mundial sem hesitar.
Você ouviu The Cutting Edge, um programa de rádio de Old Path Ministries.


Você está preparado espiritualmente? Sua família está preparada? Você está protegendo seus amados da forma adequada? Esta é a razão deste ministério, fazê-lo compreender os perigos iminentes e depois ajudá-lo a criar estratégias para advertir e proteger seus amados. Após estar bem treinado, você também pode usar seu conhecimento como um modo de abrir a porta de discussão com uma pessoa que ainda não conheça o plano da salvação. Já pude fazer isso muitas vezes e vi pessoas receberem Jesus Cristo em seus corações. Estes tempos difíceis em que vivemos também são tempos em que podemos anunciar Jesus Cristo a muitas pessoas.
Se você recebeu Jesus Cristo como seu Salvador pessoal, mas vive uma vida espiritual morna, precisa pedir perdão e renovar seus compromissos. Ele o perdoará imediatamente e encherá seu coração com a alegria do Espírito Santo de Deus. Em seguida, você precisa iniciar uma vida diária de comunhão, com oração e estudo da Bíblia.
Se você nunca colocou sua confiança em Jesus Cristo como Salvador, mas entendeu que ele é real e que o fim dos tempos está próximo, e quer receber o Dom Gratuito da Vida Eterna, pode fazer isso agora, na privacidade do seu lar. Após confiar em Jesus Cristo como seu Salvador, você nasce de novo espiritualmente e passa a ter a certeza da vida eterna nos céus, como se já estivesse lá. Assim, pode ter a certeza de que o Reino do Anticristo não o tocará espiritualmente. Se quiser saber como nascer de novo, vá para nossa Página da Salvação agora.
Esperamos que este ministério seja uma bênção em sua vida. Nosso propósito é educar e advertir as pessoas, para que vejam a vindoura Nova Ordem Mundial, o Reino do Anticristo, nas
 
© Template Scrap Suave|desenho Templates e Acessórios| papeis Bel Vidotti