sábado, 27 de fevereiro de 2010

A PALAVRA DE DEUS E SUA EFICÁCIA

A Palavra de Deus é a chave para tudo que acontece em nossas vidas, é a porta que se abre para os caminhos do Senhor; É a porta da entrada para a libertação. É pela palavra de Deus que nos libertamos, aprendemos adorar ao Senhor, e pela palavra veio a salvação. No princípio era o verbo, e o verbo estava com Deus, e o verbo era Deus. Todas as coisas foram feitas por intermédio dele, e sem ele, nada do que foi feito se fez. A vida estava nele e a vida era a luz dos homens. João cap1 vers- 1a4. Portanto, Jesus é a própria palavra e por ele a salvação da humanidade. Para cada problema em nossas vidas, na bíblia há uma solução. Portanto temos que não só conhece-la, mais viver este presente dado por Deus para nos orientar. A palavra de Deus gera fé, pois a fé vem pelo ouvir, e ouvir a palavra de Deus,que gera esperança, pois esperamos nas promessas, e quando tomamos posse ela se manifesta cumprindo seus efeitos. Desde o Antigo Testamento até os nossos dias, os homens são dirigidos pela palavra. Através do Espírito Santo , revelada. Daví, exaltava a Deus pela sua palavra. Lâmpada para os meus pés, é a tua palavra, luz para o meu caminho. Salmo 119 vers- 105. Na tua palavra espero confiante. Salmo 119 vers-147. Na tua palavra ao amanhecer do dia, eu clamo e espero confiante. Salmo 119 vers- 147. Os meus olhos, antecipam - se às vicílias noturnas para que eu medite nas tuas palavras. Salmo 119 vers- 148. Podemos ver, que Daví meditava de dia e de noite na Palavra de Deus, e clamava. As tuas palavras são em tudo verdade desde o princípio, e cada um dos seus justos juízos dura para sempre. Salmo 119, vers- 160. Daví, quando estava diante dos seus inimigos, clamava a Deus usando a palavra. Ela é viva e eficaz e  nos ilumina, e pelo Espírito Santo a vivemos, e pelo Espírito Santo nos é revelada. Porisso não devemos a desprezar. Alegro-me nas tuas promessas como quem acha  grandes despojos. Salmo 119. vers- 162- a. A Palavra de Deus, nos revela, nos ensina a orar, e nos ensina viver de acordo com a vontade de Deus. Por ela se fez todas as coisas. Não volta vazía, é fiel, tem poder. Ah! se meu povo me ouvisse e me escutasse, e me servisse com intreguidade, eu abriria as janelas do céu lhe daría do trigo mais fino. Ah! se o meu povo me adorasse, e me adorasse acima de tudo, com mel da rocha de pronto o sustentaría. Se eu honrar e bendizer ao meu Senhor e obecer, comerei o melhor desta terra. By Lery for you.

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

DEFINIÇÃO E COCEITO DO IMPÉRIO ROMANO

As duas datas indicadas como início (27 a.C.) e fim (395) convencionais de um Império Romano unitário, como frequentemente sucede em definições de períodos históricos, são puramente arbitrários. Em particular por três razões: seja porque não houve jamais um fim verdadeiro e formal da Res publicaPrincipado e o Dominato; seja porque mesmo depois da divisão do império em duas partes as instituições continuaram a sobreviver, uma até a deposição do último césar do Ocidente, Rômulo Augusto, em 476 (ou mais precisamente até à morte do seu predecessor, Júlio Nepos, que se considerava ainda imperador), a outra perpetuando-se por mais um milênio na entidade mais tarde chamada, por convenção Império Bizantino. O ano de 476 foi considerado, por convenção, como data de passagem entre a Antiguidade e a Idade Média. romana, cujas instituições jamais foram abolidas, mas simplesmente transferido o poder efetivo ao imperador; seja porque nos 422 anos desse intervalo se sucederam duas fases de organização e legitimização do poder imperial profundamente diferentes, o
Os historiadores fazem a distinção entre o principado, período de Augusto à crise do terceiro século, e o domínio ou dominato que se estende de Diocleciano até a queda do Império Romano do Ocidente. Durante o principado (do latim princeps, "primeiro"), a natureza autocrática do regime era velada por designações e conceitos da esfera republicana, manifestando os imperadores relutância em se assumir como poder imperial. No dominato (de dominus, "senhor"), pelo contrário, estes últimos exibiam claramente os sinais do seu poder, usando coroas, púrpuras e outros ornamentos simbólicos do seu status. Origem: Wikipédia

CÉSARES- TÍTULO DADO AOS REIS NO IMPÉRIO ROMANO

IMPÉRIO ROMANO- CÉSARES

Os césares representam um marco para a história mundial. Representam a classe de doze governantes romanos, abrangendo um período de 141 anos, que vai desde Júlio César 45 a.C. até Domiciano em 96 d.C.
Em fim Césares é o título dado aos reis no Império Romano.

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

DECÁLOGO - DESCRIÇÃO - DEDO DE DEUS

DECÁLOGO - SIGNIFICADO

Os Dez mandamentos ou o decálogo é o nome dado ao conjunto de Léis que segundo a Bíblia, teriam sido originalmente escritas por Deus em tábuas de pedra e entregues ao profetaMoisés (as Tábuas da Lei). As tábuas de pedra originais foram quebradas, de modo que, segundoÊxodo34:1,Deus teve de escrever outras. Encontramos primeiramente os Dez Mandamentos em Êxodo 20:2-17. É repetido novamente em Deuteronômio5:6-21, usando palavras similares.
Decálogo significa dez palavras (Ex 34,28). Estas palavras resumem a Lei, dada por Deus ao povo de Israel, no contexto da Aliança, por meio de Moisés. Este, ao apresentar os mandamentos do amor a Deus (os quatro primeiros) e ao próximo (os outros seis), traça, para o povo eleito e para cada um em particular, o caminho duma vida liberta da escravidão do pecado.
De acordo com o livro bíblico de êxodo, Moisés conduziu os israelitas que haviam sido escravizados no Egito, atravessando o Mar Vermelhodirigindo-se ao Monte horebe, na Peníssola do Sinai. No sopé do Monte Sinai, Moisés ao receber as duas "Tábuas da Lei" contendo osDez Mandamentos de Deus, estabeleceu solenemente um Pacto (ou Aliança) entre o povo de Israel. By Lery to your blog.

O SIGNIFICADO DO MES DE ADAR - LIVRO DE ESTER

Adar é o 12º mês do calendário judaico. Corresponde aproximadamente aos meses de fevereiro e março. Mês regido pelas letras Qof, que criou a constelação de peixes, e Gimel, que criou o planeta júpter. É considerado um mês positivo. Neste mesmo mês ocorreu Purim, festa cabalística da Sorte, que tem como heróis Ester e Mordechai.
Existem anos (como o de 5765 no calendário judaico) que são embolísticos (palavra grega que significa intercalado), e que possuem 13 meses. Nesses anos, ao invés de termos apenas o mês de Adar, temos o mês de Adar Rishon (Primeiro Adar) e o de Adar Sheni (Segundo Adar).
O calendário judaico é baseado na Lua. No calendário solar temos cerca de 365 dias; no lunar, quase 11 dias a menos. Se fôssemos basear nosso calendário apenas pela lua, as festas seriam sempre 11 dias atrasadas; sendo assim, o Pessach seria, em quatro anos, pertencente a outro mês; em dez anos, seria pertencente a outra estação; é exatamente por isso que temos que assimilar o calendário lunar (que é onde o calendário judaico se baseia) com o solar, e por essas razões existe um mês a mais, que dá origem a dois Adar (Rishon e Sheni).By Lery to your blog
 
© Template Scrap Suave|desenho Templates e Acessórios| papeis Bel Vidotti