segunda-feira, 5 de abril de 2010

COMEMORANDO SEIS MIL VISITAS - PUBLICANDO SOBRE SEITAS

COMEMORANDO SEIS MIL VISITAS - PUBLICANDO SOBRE SEITAS

UMA REFLEXÃO

SER CRISTÃO É ANDAR NA CONTRA MÃO DO MUNDO. PORÉM, O MUNDO VICIA, CRISTO LIBERTA. O MUNDO CONTAMINA, CRISTO CURA. O MUNDO É GUERRA, JESUS É A PAZ. O MUNDO É CORRUPTO, CRISTO PURIFICA. O MUNDO ACUSA, JESUS PERDOA. O MUNDO É ÓDIO, DEUS É AMOR. O MUNDO É DEPRESSÃO, DEUS É ALEGRIA. O MUNDO É FRÁGIL, DEUS É PODER. O CAMINHO DO MUNDO É LARGO E LEVA PRO ABISMO. O CAMINHO DE DEUS É ESTREITO, MAS LEVA À VIDA ETERNA. SE SER CRISTÃO É SER LOUCO, QUERO SER O MAIS ALOPRADO DE TODOS.  BY Lery for you.Se você fogi do inimigo, corre o risco de ser contaminado por ele, portanto, chegue-se ao inimigo, confronte os exércitos, faça como Daví, colocou o seu exército em confronto com os Sirios e eles fugiram sendo o exército de Israel vencedor.               

COMENTÁRIO DE LERY CLEIDE

Querida amiga, é por amor a tí e a outras pessoas que não conhecem estas verdades, que uso todo o meu tempo fazendo este trabalho, e tenho certesa que estou no caminho certo, pois quando as pessoas começam a se preocupar com o que estou postando, só existe uma explicação; " Medo que a verdade seja mostrada." Mas, se Deus me incumbiu de fazer, eu vou fazer, aliás, já estou fazendo. Depois que comecei postar sobre seitas, ainda não faz nem um mes, e mais de 1500 pessoas deram entrada neste blog para ler e comentar. E peço a meus amigos que tirem cópias desses estudos para evangelizar. Não sou religiosa, sou uma pessoa preocupada com as heresias e apostasias deste século. A única salvação vem só atravé de Jesus Cristo, não existe outro Deus, e ninguém é salvo pelas obras. Livros escritos fora do que fala a bíblia é inspirado  por satanás. Quem achar que estas seitas estão erradas e quizer se manifestar é só escrever um comentário que eu publico na página principal, estejam à vontade para expor suas opiniões, seja a favor ou contra podem comentar. Isto é, dentro dos contestos bíblicos. Quanta disposição hem? tenho mesmo, Tudo posso naquele que me fortalesse. By Lery for you

COMENTÁRIO EM PRIMEIRA MÃO, NA POSTAGEM: PELOS CORREDORES DO TEMPLO MÓRMON

PELOS CORREDORES DO TEMPLO MÓRMON"

1 comentário - Mostrar postagem original

Blogger Tamires Prado disse...
Boa Tarde Lery, Eu fico lendo suas postagens e não entendo como vc pode usar de tanta inteligência e tempo para difamar de outras religiões??? Você tem uma religião, e pelo que vejo vc realmente vc serve o senhor e ama o seu próximo. Eu sou mórmon e acredito fielmente na Doutrina, mas não é por isso que eu saio por ai difamando outras religiões, acredito se as pessoas estão em uma religião é pq buscam Deus. Nós mórmons trabalhamos duro para o bem estar de nossos membros e ajuda humanitária, não saímos por ai fazendo propaganda de nossos feitos, simplismente ensinamos a respeito desse evangelho maravilhoso. Tenho certeza que existe pessoas muito boas, até melhores do que membros de nossa igreja, então fica aqui o meu desapontamento com você, por gastar todo esse tempo para pesquisar e tentar provar algo. Tenhos parentes e amigos em outras religiões e os amo mesmo assim. É muito triste ler essas coisas que vc escreve sobre a igreja mórmon, pois sou membro e sei que essas coisas que você escreve não são verdadeiras. Jesus é o puro exemplo, de que ele não perseguiu religião alguma, ele simplismente nos ensinou a ser caridosos e amar o seu próximo.
5 de abril de 2010 09:47

COMEMORANDO SEIS MIL VISITAS - PUBLICANDO SOBRE SEITAS

REFLITA

Bendito seja o Senhor que não nos deu por presa aos seus dentes. " ao inimigo " A nossa alma está livre em nome de Jesus. O laço quebrou e estamos livres. Desarma os nossos inimigos ó pai com o teu amor, que une exércitos e estabelece a paz.

COMEMORANDO SEIS MIL VISITAS - NENHUM OUTRO LIVRO TÃO POUCO REVISTAS SUBSTITUI A VERDADEIRA PALAVRA DE DEUS, A BÍBLIA SAGRADA

COMEMORANDO SEIS MIL VISITAS - TENHO TODO TEMPO PARA MOSTAR A VERDADE

COMEMORANDO SEIS MIL VISITAS - NA DIREÇÃO DE DEUS

domingo, 4 de abril de 2010

O QUE AS TESTEMUNHAS DE JEOVÁ NÃO QUEREM QUE SAIBAMOS SOBRE BETH - SARIM

O Que as Testemunhas de Jeová Não Querem Que Saibamos Acerca de Beth-Sarim

Kent Steinhaug

Em 1926, sob a liderança de Joseph F. Rutherford, a Watch Tower Bible & Tract Society comprou dois lotes de terreno: o lote Cento e Dez (110) e o lote Cento e Onze (111), em Kensington Heights, unidade n.º 2, no Condado de San Diego, Estado da Califórnia.
Isto em si mesmo não parece estranho. O que é estranho é a razão porque estes lotes foram comprados. Os dois lotes foram comprados para construir uma mansão, mas não era uma mansão qualquer, era uma mansão chamada Beth-Sarim (expressão hebraica que significa "Casa dos Príncipes").
Então qual era o propósito que motivou a construção de Beth-Sarim? Rutherford e todos os que o seguiam acreditavam numa profecia da Watchtower que dizia que em 1925 todos os homens mencionados no livro bíblico de Hebreus, capítulo 11, seriam ressuscitados:
"Podemos esperar confiantemente que 1925 assinalará o regresso de Abraão, Isaque, Jacó e todos os profetas da antiguidade, em especial aqueles mencionados pelo Apóstolo em Hebreus capítulo onze, à condição de perfeição humana." (Millions Now Living Will Never Die [Milhões Que Agora Vivem Jamais Morrerão] (1920), pp.88-90)
A Watchtower [Sentinela] declarou em 1922 que "esta cronologia não é do homem, mas de Deus." (The Watchtower [A Sentinela], 17 de Julho de 1922, p.217)
Portanto, se foi Deus quem a pronunciou, essa profecia deveria ser capaz de passar no teste de um verdadeiro profeta, apresentado em Deuteronómio 18:21, 22, que diz:
E se disserdes no vosso coração: como saberemos a palavra que o Senhor falou? Quando um profeta falar em nome do Senhor, se a coisa [predita] não acontecer, nem se verificar, essa é a coisa que o senhor não falou, mas o profeta falou-a presunçosamente: não deveis ter medo dele.
Quando a profecia não se cumpriu, em 1925, a Watchtower admitiu: "Pode não acontecer. No seu devido tempo Deus cumprirá os seus propósitos a respeito do seu próprio povo." (The Watchtower [A Sentinela], 1.º de Janeiro de 1925, p.3)

Beth-Sarim
Assim, em 1930 a Watchtower construiu Beth-Sarim como um testemunho da fé que eles tinham de que Deus cumpriria essa profecia e como um lugar para os homens mencionados em Hebreus capítulo 11 poderem governar o Reino Teocrático de Deus desde o Armagedom em diante. O "Juiz" Rutherford convenientemente incluiu o nome dos príncipes no nome que deu à casa ["Beth-Sarim" significa "Casa dos Príncipes" em hebreu] e na escritura pública de Beth-Sarim de modo que ele e os seus assistentes pudessem viver na mansão palacial até à sua morte ou até ao regresso dos homens mencionados no livro bíblico de Hebreus. Quando estes voltassem, era suposto que a propriedade lhes seria entregue pelo resto da eternidade, para que eles vivessem nela e governassem com uma presença visível no Paraíso.
No título e escritura da propriedade, com a data de 24 de Maio de 1926, é dito o seguinte:
"A condição aqui expressa é que a acima mencionada WATCHTOWER BIBLE AND TRACT SOCIETY conservará o título mencionado, PERPETUAMENTE, para uso de todo e qualquer dos homens acima mencionados como representantes do Reino de Deus na terra." [ênfase acrescentada]
Noutra parte do título, diz-se:
"Esta propriedade foi adquirida e foram feitos nela melhoramentos a pedido e sob a direcção do acima mencionado Joseph F. Rutherford e foi dedicada a Jeová Deus e ao Seu Rei Cristo, que é o governante legítimo da terra, e para o propósito expresso de ser usada por aqueles que são servos de Jeová Deus. Por esta razão, é feita a provisão nesta escritura de que a propriedade será usada PARA SEMPRE no propósito sujeito a qualquer incumbência que possa ser colocada sobre ela." [ênfase acrescentada]
Portanto, segundo as declarações acima, que constam no título e escritura da propriedade, a Watchtower Bible and Tract Society ainda devia ter em seu poder hoje o Lote 110 e o Lote 111, nos quais Beth-Sarim foi construída, certo?
Joseph F. Rutherford faleceu no dia 8 de Janeiro de 1942. Pouco tempo depois, Beth-Sarim foi vendida e já não pertence à Watchtower Bible and Tract Society.
Será que acontecimentos com esta importância, relacionados com a Sociedade, podem ser esquecidos tão facilmente? Podem ser tão facilmente varridos para debaixo do tapete? Ou será que o caso foi apenas "outro erro" cometido por "homens imperfeitos"?
Parece que é assim que a Watchtower pensa. Até agora, ainda não encontrei nenhuma TJ que soubesse da existência de Beth-Sarim antes de eu a ter informado [N. do T.: isto foi provavelmente escrito antes de 1993.] A Watchtower já há muito tempo que tem sido bem sucedida em encobrir e apagar os seus "erros" embaraçosos. Não só tentou esconder os factos, mas chegou mesmo a mentir descaradamente para esconder os detalhes embaraçosos. No livro Testemunhas de Jeová -- Proclamadores do Reino de Deus (publicado em 1993), p.76, a Watchtower escreveu:
"Casa dos Príncipes"
O irmão Rutherford contraiu uma pneumonia aguda depois de ser solto em 1919 de encarceramento injusto. Após isso, ele só tinha um pulmão sadio. Nos anos 20, sob tratamento médico, ele foi a San Diego, Califórnia, e o médico instou com ele para que passasse tanto tempo quanto possível ali. Desde 1929, o irmão Rutherford passava os invernos trabalhando numa residência em San Diego que ele chamara de Bete-Sarim. A construção de Bete-Sarim foi realizada com fundos contribuídos diretamente para esse fim. A escritura, publicada na íntegra na revista "Golden Age" de 19 de março de 1930, transferia essa propriedade a J. F. Rutherford e depois à Sociedade Torre de Vigia, dos EUA.
Sobre Bete-Sarim, o livro "Salvation" ("Salvação"), publicado em 1939, explica: "As palavras hebraicas 'Bete-Sarim' significam 'Casa dos Príncipes'; e o intento de adquirir essa propriedade e edificar a casa foi para que houvesse alguma prova tangível de que existem pessoas na terra actualmente que acreditam plenamente em Deus e em Cristo Jesus e em seu reino, crendo que os fiéis da antiguidade serão brevemente ressuscitados pelo Senhor, voltarão à terra e se encarregarão dos negócios visíveis da terra."
Aqui a Watchtower explica cuidadosamente que a escritura de Beth-Sarim transferiu essa propriedade para Rutherford, o que é uma mentira. A casa foi registada em nome de Davi, Jefté e outros indivíduos do Velho Testamento -- que era suposto ressuscitarem em San Diego, Califórnia, em 1925! Mais tarde a Watchtower vendeu a mansão -- coisa que tinham dito (na escritura da propriedade) que nunca fariam, porque era suposto a casa ser "uma testemunha por toda a eternidade."
De facto, a casa tem sido uma "testemunha" -- uma testemunha da loucura da Watchtower e do seu presidente alcoólico, Rutherford.
Portanto, este artigo foi escrito como um lembrete oportuno, para as Testemunhas de Jeová que não conhecem o caso e para as pessoas que as Testemunhas tentam recrutar.
Deuteronómio 18:22 diz:
"Quando um profeta falar em nome do Senhor, se o que ele disser não acontecer, nem se verificar, essa é a palavra que o Senhor não falou, mas foi o profeta que falou presunçosamente: não tenhais medo dele.
Este versículo das escrituras diz que se a profecia falhar, é algo que o Senhor NÃO falou! O texto não diz nada acerca de admitir que se cometeu um erro, nem diz nada acerca de os homens serem imperfeitos. A única coisa que diz é isto: Se a profecia não se cumpriu, então foi uma FALSA PROFECIA!Fonte:  http://extestemunhasdejeová.net/forum/portalphp

AS TESTEMUNHAS DE JEOVÁ E OS HABITANTES DE SODOMA E GOMORRA

As Testemunhas de Jeová e os Habitantes de Sodoma e Gomorra


Será que os habitantes de Sodoma e Gomorra serão ressuscitados? Resposta das Testemunhas de Jeová: SIM / NÃO / SIM / NÃO.

1877: SIM

  • The Object and Manner of Our Lord's Return, 1877, p. 25: "Deus propõe-se a trazê-losde volta ao seu estado anterior [...]" [os habitantes de Sodoma]
  • Watchtower, Julho de 1879, p. 7: "Assim, as próprias palavras de Cristo ensinam-nos que não tinham tido a sua oportunidade completa. 'Lembrem-se', diz Cristo acerca dos sodomitas, que 'Deus fez chover fogo e destruiu-os a todos.' Portanto, se se fala da restauração deles, subentende a ressurreição deles."
  • Studies in the Scriptures, vol. 1, The Plan of the Ages, 1886, p. 110: "E se Cafarnaum e todo o Israel serão lembrados e abençoados sob o "novo pacto," selado com o sangue de Jesus, por que é que os Sodomitas não haviam de também ser abençoados entre "todas as famílias da terra"? Com certeza sê-lo-ão. E lembremo-nos que visto que Deus "fez chover fogo do céu e destruiu-os a todos" muitos séculos antes dos dias de Jesus, quando se fala da restauração deles, isto implica que eles despertarão, retornarão dos túmulos."
  • Watch Tower Reprints, 15 de novembro de 1913, p. 5351: "Tal como os sodomitas, redimidos pelo mérito do sacrifício de Jesus, serão acordados do sono da morte durante a era messiânica, e as suas experiências serão mais toleráveis do que as pessoas de Corazim e Betesaida [...]"
  • His Vengeance, 1934, p. 38: "Deus deu a promessa de que no seu tempo devido os sodomitas e os judeus serão acordados da morte e receberão um julgamento justo sob o reino justo de Cristo Jesus." [nesta citação e nas seguintes, ênfase acrescentada]

1952: NÃO

  • Watchtower, 1.º de Junho de 1952, p. 338: "Similarmente, Sodoma não suportou o seu dia de julgamento, tinha falhado completamente, e os judeus sabiam que o seu destino estava selado."
  • Watchtower, 1.º de Fevereiro de 1954, p. 85: "Ele [Jesus] estava a apontar para a completa impossibilidade de resgate para descrentes ou para aqueles deliberadamente iníquos, porque Sodoma e Gomorra foram irrevogavelmente condenadas e destruídas, para além de qualquer recuperação possível."
  • Watchtower, 1.º de Abril de 1955, p. 200: "Portanto aqueles que morrerem no Armagedom sofrerão a mesma punição que os habitantes de Sodoma; isto é, não terão uma "ressurreição de julgamento" durante o dia do juízo, de 1.000 anos, ficarão mortos para sempre."
  • Do Paraíso Perdido ao Paraíso Recuperado, 1959, p. 236 § 6: "Algumas pessoas já foram julgadas. Já mostraram que não merecem a vida. Estas pessoas não serão ressuscitadas dentre os mortos para o novo mundo. [...] O povo da cidade de Sodoma morreu numa chuva de fogo depois de receber uma sentença desfavorável. Em outras ocasiões, outros grupos receberam também sentenças desfavoráveis. Provaram que não mereciam a vida, e não serão ressuscitados."
  • Watchtower, 15 de Janeiro de 1960, p. 53: "Os Julgamentos Divinos São Finais. Visto que o Juiz supremo nunca comete um engano, ele não precisa de reconsiderar nenhum julgamento que fez no passado. Os seus julgamentos são definitivos. Isto significa que as pessoas que morreram no dilúvio dos dias de Noé nunca serão ressuscitadas para comparecerem perante um tribunal outra vez. O mesmo é verdade para os habitantes de Sodoma e Gomorra e para Adão e Eva. Todos eles tiveram o seu dia de julgamento perante o grande Juiz do universo e foram todos condenados à destruição. Eles nunca terão de novo uma existência consciente."
  • Pergunta: O que é que os fez mudar de ideias em relação à posição que tinham nos 75 anos anteriores, desde 1877?

1965: SIM

  • A Sentinela, 15 de Setembro de 1965, p. 555 § 9: "Como no caso de Tiro e Sídon, Jesus mostrou que Sodoma, má como fôra, não chegara ao estado de não poder arrepender-se. [...] Portanto, o recôbro espiritual das pessoas mortas de Sodoma não é irrealizável."
  • A Sentinela, 1.º de Maio de 1966, p. 287: "Então, o versículo seguinte se refere ao Dia do Juízo, dizendo: "Conseqüentemente, eu vos digo: No Dia do Juízo será mais suportável para a terra de Sodoma do que para ti." (Mat. 11:24) Semelhantemente, em Mateus 10:15, acham-se registradas as palavras de Jesus: "Deveras eu vos digo: No Dia do Juízo será mais suportável para a terra de Sodoma e Gomorra do que para essa cidade", em que as pessoas rejeitariam a mensagem levada pelos discípulos de Jesus. Para que fôsse "mais suportável para a terra de Sodoma e Gomorra" do que para outros, seria mister que os anteriores habitantes daquela terra estivessem presentes no Dia do Juízo. Não é a terra literal, o solo, que há de ser julgado. Revelação, capítulo 20, mostra que serão as pessoas levantadas dentre os mortos que ficarão "diante do trono". Nem será proferido o julgamento sôbre elas como grupos, como anteriores habitantes de certas terras, mas serão 'julgadas individualmenteaparentemente, as pessoas que costumavam viver naquela terra serão ressuscitadas. -- Rev. 20:12, 13." segundo as suas ações' durante o tempo do julgamento. Portanto,
  • Poderá Viver para Sempre no Paraíso na Terra, edição de 1983, p. 179 § 9: "Ao dizer isso, Jesus mostrou que pelo menos algumas das pessoas injustas das antigas Sodoma e Gomorra estarão presentes na terra durante o Dia do Juízo. Embora tenham sido bastante imorais, podemos esperar que algumas delas sejam ressuscitadasas trará de volta de modo a terem oportunidade de aprender a respeito de seus propósitos." (Gênesis 19:1-26) Jeová, em sua misericórdia,
  • A Sentinela, 15 de Fevereiro de 1983, p. 26. Depois de mencionar Sodoma, Gomorra e outras cidades, a revista diz: "Aparentemente, as próprias cidades, em vez de todos os seus habitantes, foram destruídas para sempre, -- pois parece que pelo menos alguns indivíduos que residiam lá serão ressuscitados."
  • Insight on the Scriptures, 1988, vol. 2, p. 985. Nota: referimo-nos aqui à edição em inglês lançada em 1988 durante os congressos das Testemunhas de Jeová e não à edição do mesmo livro lançada posteriormente em outras línguas, que contradisse aquela edição original em inglês e alterou esta passagem (ver referência em baixo). A edição inglesa deste livro foi lançada no mesmo congresso que o livro Revelação -- Seu Grandioso Clímax Está Próximo, mencionado a seguir. Um dos livros diz 'sim' e o outro diz 'não'.
  • Pergunta: O que é que os fez mudar de ideias em relação à posição que tinham nos 13 anos anteriores, desde 1952?

1988: NÃO

  • A Sentinela, 1.º de Junho de 1988, p. 31: "a Bíblia usa Sodoma/Gomorra e o Dilúvio como exemplos para o fim destrutivo do atual sistema iníquo. É evidente, pois, que os a quem Deus executou naqueles julgamentos passados sofreram destruição irreversível."
  • Revelação -- Seu Grandioso Clímax Está Próximo, 1988, p. 273: "Jesus usou aqui [em Mat. 11:23, 24] uma hipérbole para mostrar que aqueles líderes religiosos, que rejeitavam o filho de Deus e seus ensinos, eram ainda mais repreensíveis do que os sodomitas. Judas 7 declara que aqueles sodomitas 'sofreram a punição judicial do fogo eterno', significando a destruição eterna."
  • Poderá Viver para Sempre no Paraíso na Terra, edição de 1989, p. 179 § 9: "Serão essas pessoas, tão terrivelmente iníquas, ressuscitadas durante o dia do Juízo? Pelo que parece, as Escrituras indicam que não." "De fato, por causa de sua excessiva imoralidade, as pessoas de Sodoma e das cidades circunvizinhas sofreram destruição, da qual pelo que parece nunca serão ressuscitadas." Como se pode ver, esta edição de 1989 contradisse a edição anterior de 1983.
  • Estudo Perspicaz das Escrituras, edição brasileira de 1992, vol. 3, p. 619. Esta edição do livro contradisse a edição anterior de 1988, em inglês. Depois de citar Mat.10:15 e 11:23, 24, este livro diz: "Naturalmente, Judas 7 diz que Sodoma e Gomorra "são postas diante de nós como exemplo de aviso por sofrerem a punição judicial do fogo eterno". De modo que a declaração de Jesus evidentemente apenas usou uma hipérbole para salientar quão improvável era que pessoas de certas cidades judaicas do primeiro século se arrependessem, mesmo no Dia do Juízo." [Note que nesta passagem, de forma muito hábil, eles esquivam-se a dizer abertamente que os habitantes de Sodoma e Gomorra não serão ressuscitados, embora seja esse o sentido que eles querem transmitir.]
  • Pergunta: O que é que os fez mudar de ideias em relação à posição que tinham nos 23 anos anteriores, desde 1965?
Como qualquer pessoa que tenha investigado a história das Testemunhas de Jeová sabe, estas reviravoltas doutrinais repetem-se no caso de muitas outras doutrinas, como por exemplo na identidade das "autoridades superiores" mencionadas em Romanos capítulo 13.
Em alguns casos, estas reviravoltas doutrinais das Testemunhas de Jeová causaram a morte ou colocaram em risco a vida de milhões de pessoas que acreditaram nelas, como por exemplo no caso dos transplantes, vacinas, algumas fracções do sangue, serviço cívico, etc. Todas estas coisas eram permitidas originalmente, depois foram proibidas, depois foram novamente permitidas (e ninguém sabe se amanhã serão outra vez proibidas).
Isto prova sem margem para dúvidas que as Testemunhas de Jeová estão completamente erradas quando dizem que são 'a única religião verdadeira na face da terra' e que o seu Corpo Governante que está nos Estados Unidos da América é o 'único canal de comunicação de Deus com os homens'.
As Testemunhas de Jeová são condenadas pelas suas próprias palavras:
"É assunto sério representar Deus e Cristo de um modo, e depois achar que nosso entendimento dos principais ensinos e das doutrinas fundamentais das Escrituras estava errado, e, daí, retornar às mesmas doutrinas que, por anos de estudo, cabalmente verificamos ser erradas. Os cristãos não podem vacilar -- ser indecisos -- a respeito de ensinos fundamentais. Que confiança se pode ter na sinceridade ou no critério de tais pessoas?" (A Sentinela, 15 de Abril de 1977, p. 246) Fonte: http://corior.blogspot.com
 
© Template Scrap Suave|desenho Templates e Acessórios| papeis Bel Vidotti