sábado, 27 de março de 2010

O MITO ARDOR NO PEITO - MORMONISMO


Estudos de Seitas      Apologética       Mormonismo
O MITO DO ARDOR NO PEITO
Publicado em 9/9/2008
Kevin James Bywater
Defesa da Fé
Orar ou não orar, eis a questão!

Em vez de apontarem evidências que autentiquem a suposta inspiração divina do Livro de Mórmon, os seguidores de Joseph Smith pedem que as pessoas o leiam e orem para saber se o livro é inspirado ou não por Deus. O Livro de Mórmon diz: “E, quando receberdes estas coisas, eu vos exorto a perguntardes a Deus, o Pai Eterno, em nome de Cristo, se estas coisas não são verdadeiras; e, se perguntardes com um coração sincero e com real intenção, tendo fé em Cristo, ele vos manifestará sua verdade disso pelo poder do Espírito Santo” (Moroni 10:4). Citam ainda o texto de Tiago 1.5 para apoiar esta prática: “E, se algum de vós tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente, e o não lança em rosto, e ser-lhe-á dada”.

Baseados na prática desse conselho, a grande maioria dos mórmons reivindica ter sentido um “ardor no peito” como um testemunho do Espírito Santo de que o Livro de Mórmon é inspirado.

Mas seria esse espírito o Espírito Santo? Como podemos testar os espíritos? É de vital importância aplicar os testes apropriados para avaliar esses tipos de reivindicações espirituais. Pois a Bíblia alerta que: “Há um caminho que ao homem parece direito, mas o fim dele conduz à morte” (Pv 14.12).

Embora sejamos exortados a orar sem cessar (1Ts 5.17), a Bíblia não ensina em nenhum lugar que a oração seja um teste para avaliar a verdade. Mas alguém pode indagar: “Então, o que o texto de Tiago 1.5 quer dizer?”. No contexto do primeiro capítulo vemos que Tiago se refere à prova da fé por meio das tentações (Veja Tg 1.2,3,12,13). Se nos falta sabedoria, somos exortados a pedi-la ao Senhor para que possamos enfrentar as provas e tentações com um comportamento aprazível a Deus.

O apóstolo Paulo foi claro ao advertir os crentes da Galácia a não escutarem ninguém que ensinasse outro evangelho (Gl 1.6-8). Sabemos que há muitos falsos mestres pregando falsos evangelhos, falsos Jesus, e, obviamente, todas essas heresias são propagadas por intermédio de espíritos profanos (2Co 11.3,4,13,14). A oração seria o único método para identificarmos o que é o verdadeiro? Como poderíamos saber?

O perigo em orar para identificar a verdade é que é difícil distinguir a veracidade dos testemunhos espirituais, bem como sua procedência. Não podemos confiar nos sentimentos dos nossos corações (Pv 28.26; Jr 17.9), nem podemos confiar em qualquer testemunho espiritual. Atentemos para o que diz a Bíblia: “Amados, não creiais a todo o espírito, mas provai se os espíritos são de Deus, porque já muitos falsos profetas se têm levantado no mundo” (1Jo 4.1; grifo do autor).

Não queremos aqui desestimular a oração, muito pelo contrário. Contudo, devemos aliar a oração ao exame diário das Escrituras, assim como os crentes de Beréia: “...examinando cada dia nas Escrituras se estas coisas eram assim” (At 17.11). Este é o método mais preciso para avaliar se o que o mormonismo ensina é a verdade. O teste bíblico deve estar focado na Palavra de Deus (2Tm 3.15-17). E o testemunho do Espírito Santo jamais contradirá a si próprio, pois a Bíblia afirma que “os escritores bíblicos falaram inspirados pelo Espírito Santo” (2Pe 1.21; grifo do autor).

Diante de tudo isso, perguntamos: orar ou não orar?

Finalizamos conscientes de que devemos orar sim, mas para que o nosso poderoso Deus nos abençoe ricamente e nos ajude a destruir os conselhos e toda a altivez que se levanta contra o conhecimento de Deus, levando cativo todo o entendimento à obediência de Cristo (2Co 10.5).


Tradução: Elvis Brassaroto AleixoFonte:www.jesussite.com.br

2 comentários:

maria rodrigues disse...

Pastor este ardor no peito tem várias formas de se perceber.Pode ser palpitações, sentimentos bons,alegria interior, uma energia diferente, um olhar diferente etc. Qdo isto não ocorre podem vir manifestações através do espirito santo, que pode ser em sonhos reveladores pelo jejum e oração, onde uma sensação boa vem e de que é verdade,pelos sussurros e sentimentos variados. Só que para isto acontecer vc tem que realmente estar com real intento, agora se vai buscar isto para afirmar depois de que não funciona e Deus sabe das suas intenções ai não é revelado mesmo;b)querem uma resposta muito rápida; c) sua fé não é suficiente e pura,pois ja vai com dúvidas;d)medo de achar que esta igreja realmente é perfeita....a fé não precisa de provas física palpáveis e sim de provas espirituais em que o coração, a alma e o espirito confirma.

maria rodrigues disse...

Pastor este ardor no peito tem várias formas de se perceber.Pode ser palpitações, sentimentos bons,alegria interior, uma energia diferente, um olhar diferente etc. Qdo isto não ocorre podem vir manifestações através do espirito santo, que pode ser em sonhos reveladores pelo jejum e oração, onde uma sensação boa vem e de que é verdade,pelos sussurros e sentimentos variados. Só que para isto acontecer vc tem que realmente estar com real intento, agora se vai buscar isto para afirmar depois de que não funciona e Deus sabe das suas intenções ai não é revelado mesmo;b)querem uma resposta muito rápida; c) sua fé não é suficiente e pura,pois ja vai com dúvidas;d)medo de achar que esta igreja realmente é perfeita....a fé não precisa de provas física palpáveis e sim de provas espirituais em que o coração, a alma e o espirito confirma.

 
© Template Scrap Suave|desenho Templates e Acessórios| papeis Bel Vidotti